Compartilhe!

O contador do futuro no agora

Antes associado à imagem da calculadora, agora esse profissional é digital

– Por muito tempo, ele foi associado à imagem da calculadora e das pilhas de papel. Mas as coisas mudaram. Agora, ele é digital. Usa, inclusive, o certificado digital no celular, por meio do mobileID, o que adicionou agilidade a sua rotina.

Boas mudanças para ele e para toda a sociedade de maneira geral. Afinal, quem é que está por trás da abertura e andamento das empresas que geram empregos e fornecem produtos e serviços? Ele, o contador. Sem contar o seu papel importante também nos órgãos públicos.

Os contadores estão cada vez atentos às novas tecnologias. Se há alguns anos o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) digital assustou, hoje ele é apenas uma parte da rotina desses profissionais que lidam com leis, prazos, números, estratégias e, sim, gestão de negócios. A caneta deu espaço ao certificado digital e o papel ao arquivo eletrônico.

A sociedade agradece. E todo o mercado de certificação digital também. E por qual motivo?

São eles os maiores incentivadores do uso da tecnologia. São eles que ensinam os clientes sobre as vantagens do certificado, que dão as dicas e mostram as aplicações. Sim, aplicações. O certificado, no escritório de contabilidade, assim como em outros segmentos, pouco a pouco está deixando de ser usado somente para o cumprimento das obrigações fiscais. Agora, ele é usado para formalizar contratos, propostas, aceites, acordos e muitos outros documentos.

Com o certificado digital se elimina os espaços físicos para a guarda de documentos, se elimina os deslocamentos para assinatura de contratos. Com ele, se ganha tempo e agilidade.

Tudo isso graças ao conhecimento desses profissionais que estão disseminando os benefícios que a infraestrutura permite e uma simples e breve explicação aos seus clientes: a cada uso do certificado digital é gerada uma assinatura que tem o mesmo valor jurídico da manuscrita assegurado pela legislação brasileira.

É assim que eles estão substituindo as pilhas de papel da parte administrativa por arquivos eletrônicos. Modernizaram a imagem, tornaram-se ainda mais estratégicos. Os clientes não precisam mais se dirigir até seus escritórios, por exemplo, nem para a formalização do contrato de prestação de serviço: tudo é feito on-line e com poucos cliques.

A qualquer hora e em qualquer lugar um negócio pode ser fechado. Sem complicação: arquivo submetido no portal de assinaturas, notificações enviadas aos signatários, documento formalizado com um clique por meio do certificado digital. É tudo assim, prático, rápido, seguro e eficiente. Rapidamente, ele pode dar início ao trabalho. Todos os envolvidos ganham.

Numa categoria profissional tão relevante quanto a dos contadores, que já soma, de acordo com o Conselho Federal de Contabilidade, 530 mil profissionais, essas adaptações aos novos modelos da economia e suas transformações são fundamentais.

Ganham não apenas os profissionais, mas as empresas, que se tornam mais competitivas, reduzem custos, ampliam margens de lucro. O papel que desempenham na sociedade é muito importante, cheio de grandes responsabilidades e desafios, no qual o fazem com maestria.

Por isso, hoje e sempre, esses profissionais devem ser lembrados e valorizados, e não somente na data de 22 de setembro, quando é celebrado o Dia do Contador.

Fonte: 22/09/2017 – DCI


Compartilhe!