Compartilhe!

Oito em cada dez brasileiros (78%) não se preparam para a aposentaria. O estudo, feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), estima que o número corresponde a 104,7 milhões de adultos.

A pesquisa, denominada “O Preparo para Aposentadoria no Brasil”, aponta, ainda, que apenas 19% dos não-aposentados têm se preparado, percentual que aumenta para 25% entre os homens, 26% entre os mais velhos e 30% nas classes A e B.

Dentre os que não se preparam, 47% afirmam que não sobra dinheiro no orçamento e 22% que estão desempregados. Outros 19% já começaram a guardar dinheiro com esse objetivo, porém não conseguiram continuar devido a problemas financeiros e 15% têm outros planos e prioridades.

“Mesmo com a reforma da Previdência parada no Congresso, é provável que as regras sejam alteradas num futuro próximo. Em qualquer cenário, o ideal é pensar em uma combinação entre a previdência pública, que é vitalícia, e uma preparação por conta própria, que comece cedo e seja constante ao longo dos anos”, explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Ao mesmo tempo, porém, 77% afirmam ter uma meta de guardar dinheiro. Entre eles, 69% guardam dinheiro mensalmente, 18% a cada 2 ou 3 meses e 5% aproximadamente 3 vezes ao ano. Em média, o valor reservado é de R$ 371,38.

A idade média em que os entrevistados começaram a poupar é 28 anos. Em média, a idade na qual pretendem se aposentar é 61 anos.

Previdência privada

A pesquisa também identificou que apenas 12% se preparam através de um plano de previdência privada da empresa onde trabalham. O valor médio de contribuição é de R$ 191,28 mensais e representa, em média, cerca de 5,48% do salário dos entrevistados.

Fonte: DCI

DA REDAÇÃO • SÃO PAULO

Publicado em 18/04/18 às 05:07


Compartilhe!