Compartilhe!

A startup nerd2.me atende na cidade de São Paulo e está gerando uma fonte de renda extra para os conhecedores de TI. A plataforma já conta com 150 profissionais em fase de cadastramento

Nas primeiras duas semanas de funcionamento, plataforma atendeu 18 solicitações; meta é 1,8 mil/mês

São Paulo – Quem precisar de um suporte técnico para seus aparelhos, pode ter o serviço de forma mais rápida e barata. É o que promete a startup nerd2.me, que conecta pessoas que precisam de serviços casuais de informática aos profissionais que realizam esse trabalho.

O idealizador da startup é o empresário paulista José Alves Braga Neto, que decidiu largar a vida coorporativa no ramo, para virar empreendedor. O serviço por enquanto acontece através de uma plataforma, que funciona como uma espécie de “uber” da informática, a fim de suprir as demandas de pessoas que necessitam de um suporte técnico para smartphones, tablets, PCs, notebooks e servidores. Além disso, outros serviços como de configuração de internet – seja Wi-Fi, configuração de consoles de videogames e smart TVS – também são contemplados.

Preço

O preço do serviço é determinado pela duração do atendimento, que pode ser de 30 minutos, R$60; 60 minutos, R$90 e 120 minutos, R$160.

A plataforma, que foi iniciada em dezembro de 2016, teve um investimento de R$ 180 mil, porém só começou a funcionar para os clientes há cerca de 15 dias, já contando com 18 solicitações de serviços. A expectativa é de que a plataforma realize 1.800 atendimentos por mês e que, em seis meses, esteja também em versão de aplicativo.

Além de servir para os clientes, serve como uma fonte de renda extra e até mesmo fixa, para os entendedores de informática. Não é necessário ser formado em T.I para ser um colaborador da startup, basta apenas ter expertise no assunto e entender as solicitações.

Atualmente, a plataforma conta com 150 profissionais em fase de cadastramento. As vagas para colaboradores estarão sempre abertas, pois quanto mais conhecedores dos mais variados assuntos, melhor. Basta entrar no site da startup, preencher um formulário com 100 perguntas sobre informações de residência, horário e dias que o profissional pode estar disponível, entre outras questões.

A partir disso é traçado um perfil do candidato que é avaliado pela startup. Quanto à remuneração, os colaboradores ficam com 70% dos valores apurados em atendimento e o restante vai para a startup. “É uma oportunidade para aqueles que desejam completar a renda ou mesmo iniciar carreira nessa área”, afirma Neto.

Expansão

A iniciativa de lançar a plataforma se deu por conta de uma pesquisa de mercado realizada por Neto, para avaliar a percepção dos usuários sobre a necessidade de requisitar serviços técnicos para os seus dispositivos, chegando à conclusão de que a maioria das pessoas pagam por assistência à parte, pois não conseguiam ter a atenção necessária quando ocorre algum problema. “Começamos a pesquisar a satisfação dos apps e das marcas, e acabamos descobrindo que tem milhares de problemas, e que as pessoas não podem pagar”, afirma. Ele ressalta ainda a demanda de serviços que não consegue ser atendida pelas empresas de tecnologia.”Milhões de dispositivos são vendidos todos os anos e nem sempre as grandes empresas conseguem suprir essa demanda. Para isso, a nerd2.me recruta pessoas capacitadas e vem para suprir uma lacuna que existia dentro desse segmento no país”.

A expectativa é expandir os limites de atendimento. “Por enquanto estamos focando na cidade de São Paulo, mas daqui há quatro meses vamos abrir para o Brasil”.

Fonte: DCI

 


Compartilhe!